Páginas

Eu só queria morrer, sumir, desaparecer... não pensei que pudesse doer tanto assim... ele só me enganou, provavelmente já tava com outra há muito tempo, como ele teve coragem de fazer isso comigo? Nem escrever consigo... mas que se dane...
Alguém me diz como posso ser tão ignorante ao ponto de ficar me torturando desse jeito... como é possível me manter presa a uma sentimento totalmente sem futuro? Eu quero tirar isso de dentro de mim, mas é só ver o seu sorriso que esmoreço, perco completamente o controle sobre meu coração e minha mente. Estou fascinada por uma sorriso, por um rosto e por qualidades que eu acredito ver, mas que nunca vou poder confirmar, agora alguém me responde porque o burro do meu coração tinha que ficar encantado logo com alguém tão impossível? E olha que nem se quer consigo explicar como isso aconteceu, quando vi já não tinha mais volta. E todos me dizem, "tome uma atitude, escreva pra ele, lhe diga que você existe", quem dera fosse assim tão simples. Ele não é nem metade receptivo do que seus amigos e ainda assim, sendo quem ele é, o que ele vai querer com uma "caipira"? Sim, porque para quem veio de tão longe para cá, que alguns teimam em acreditar que é cidade do interior, eu sou uma caipira. Tudo bem, o termo é meio exagerado, mas se parar para pensar quase todos os meus parentes moram na zona rural, então imagine a distância que se cria só nisso...

Eu sei que estou apaixonada, mas isso é uma completa loucura, uma tolice. E eu estou sofrendo porque ele também não faz nenhum esforço para ser gentil e atencioso, simplesmente não é de sua natureza, então como uma pessoa normal ele já não me olha, imagina interessada nele, aí que ele vai querer me ver bem longe. A situação é tão critica que basta eu ver uma foto dele que as lágrimas escapam de meus olhos e deslizam por minha face. Tento amenizar a dor pensando que talvez ele seja assim porque é comprometido, mas acho que no fundo nem eu acredito nisso. Queria acreditar que se me conhecesse iria me achar interessante, mas para isso ele teria que me dar uma chance, falar comigo, mas nem isso ele consegue... porque ele tem que ser tão diferente? Eu sei, não sou baladeira, não chamo atenção pela minha beleza, não sou extrovertida, mas também nem consigo fazer idéia do tipo de mulher que o interessa. Fala sério, assim é muito difícil, eu apenas estou sendo quem sou e esperando que isso seja suficiente, mas acho que no final, nada que eu fizer será realmente suficiente. Agora, tá doendo pra caramba...